Detran-PI e PM discutem ações de fiscalização do trânsito

Categoria: DestaqueNotícias 03/03/2015 11:03:07 Nallyne Soares
DSC_0306

O diretor geral do Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI) esteve reunido nesta segunda-feira (02), com o comandante da Polícia Militar do Piauí, coronel Carlos Augusto, discutindo as ações de fiscalização que estão sendo realizadas na capital e que a partir de então, serão mais rigorosas. Em parceria, os dois órgãos definiram as operações visando coibir a mistura de álcool e direção, reduzindo assim, o índice de acidentes de trânsito em todo o Estado.

Em Teresina as ações estão ocorrendo em pontos estratégicos da cidade. Nos próximos dias, as operações serão no interior do Estado. Atividades contam com a participação de educadores da Escola Piauiense de Trânsito do Detran, que orientam os condutores sobre o comportamento ideal no trânsito.

Para Arão Lobão, diretor geral do Detran, a parceria entre os órgãos do sistema público de segurança é um grande aliado nas operações de fiscalização do trânsito. “A meta do governo é diminuir os acidentes de trânsito, bem como incentivar o uso dos itens de segurança. Estamos unindo forças para que os resultados se ampliem. A sociedade só tem a ganhar com essa integração”, declarou.

No último final de semana, o Detran com a Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (CIPTran) da PM, realizou, em Teresina blitzen nas zonas Sul, Sudeste e Leste. Durante a operação, 350 veículos foram abordados, entre motocicletas e carros. Desse total, resultaram 107 teste de alcoolemia, 41 atuações por infração de trânsito, 15 apreensões de Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), 08 remoção de veículos e duas apreensões de Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

“Percebemos que quando a fiscalização é reforçada o número de acidentes de trânsito tende a cair e o número de infrações ao Código Brasileiro de Trânsito também. Ações de conscientização também estão sendo intensificadas na capital e no interior ao favor em respeito às leis de trânsito”, destaca Arão Lobão.

Por Nallyne Soares

Compartilhe essa notícia:
  • Facebook
  • TwitThis
  • Google
  • Print this article!