Teresina registrou crescimento de 6,67% no total de acidentes em 2013

Categoria: DestaqueNotícias 16/01/2014 12:15:03 administrador
ciptran

Em Teresina, 3.697 acidentes foram atendidos pela Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran-PI) durante todo o ano de 2013. Deste total, 1.475 tiveram vítimas e 2.222 não registraram vítimas. Foram registradas ainda 67 vítimas fatais e 1.678 feridos.

Os dados da Ciptran revelam um crescimento 6,67% no total de acidentes em comparação ao ano de 2012, configurando 2013 como o mais violento no trânsito nos últimos três anos. Houve também uma elevação no número de vítimas fatais de 15,51%. Em 2012, o número de pessoas vitimadas fatalmente, registradas pela Ciptran, saiu de 57 para 67 óbitos. O número de vítimas feridas também aumentou 6,47%.

A motocicleta foi o tipo de veículo que mais se envolveu em acidentes com vítimas, no ano passado com 1.119 motos, o que representa 41,29% do total. Já nos acidentes sem vítimas, o veículo que apresentou maior incidência foi o automóvel com 65,07% das ocorrências, somando 2.886 veículos envolvidos.

A colisão foi a categoria de acidentes que obteve maior incidência somando 2.735 de um total de 3.697, ou seja, 73,97%, seguido pelo abalroamento, que registrou 19,23% dos acidentes com 711 casos.

Dos condutores envolvidos nos acidentes com vítimas, a maioria possuía a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), 67,38% dos condutores. Nos acidentes sem vítimas esse número é ainda maior, 88,32% dos condutores apresentaram a CNH. A faixa etária proeminente entre os condutores envolvidos em acidentes, durante o ano de 2013, foi dos 30 aos 59 anos de idade com 49,63% dos casos nos acidentes com vítimas e 59,75% nos acidentes sem vítimas. Entre os jovens de 18 e 29 anos, 816 condutores nessa faixa etária se envolveram em acidentes com vítimas e 1.091 nos acidentes sem vítimas, somando 30,11% e 24,60% das ocorrências, respectivamente.

Outro dado sobre os envolvidos em acidentes que chama atenção é o fato da grande maioria pertencer ao sexo masculino: 76,46% dos condutores envolvidos em acidentes com vítimas eram homens. Nos acidentes sem vítimas os condutores pertencentes ao sexo masculino representam 71,86%. No registro de vítimas, os homens também são maioria representando 86,57% das vítimas fatais com 58 do total de 67 óbitos, e 59,30% do total de vítimas feridas, que registrou 1.678 pessoas machucadas em acidentes de trânsito.

O horário que mais registrou acidentes, em 2013, foi entre as 10h e às 13h com 814 casos. Os dias da semana que apresentaram maior incidência nas ocorrências com vítimas foram os sábados e domingos com 252 e 255 casos, respectivamente. Nas ocorrências sem vítimas, as quintas e as segundas-feiras obtiveram maior número de registros, somando 31,18% do total. Em 2013, as vias com maior número de acidentes foram a avenidas Miguel Rosa, com 97 registros, Higino Cunha, com 62 casos, e Maranhão com 61.

O Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran- PI), em parceria com os órgãos de fiscalização, está trabalhando para diminuir estes números, aumentando o número de blitzen e ações educativas no território piauiense, acreditando que uma boa educação no trânsito é a melhor alternativa para diminuir as e vítimas no trânsito e os riscos de acidentes.

 

Acidentes de trânsito atendidos pela Ciptran em Teresina

2011

2012

2013

Acidentes com Vítimas

1.397

1.325

1.475

Vítimas Feridas

1.685

1.576

1.678

Vítimas Fatais

68

58

67

Acidentes sem vítimas

2.182

2.140

2.222

Total de acidentes

3.579

3.465

3.697

Por Isabelle Azevedo

 

Compartilhe essa notícia:
  • Facebook
  • TwitThis
  • Google
  • Print this article!