Detran recebe investimentos de R$ 4,5 milhões e melhora serviços

Categoria: DestaqueNotícias 28/08/2013 08:59:32 administrador
detran atendimento

Com aplicação de R$4,5 milhões, oriundos do Tesouro Estadual, para aquisição de equipamentos e licenciamento de softwares, os sistemas informatizados do Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI) foram totalmente modernizados. Esse investimento já tem resultado em maior eficiência dos serviços oferecidos pelo órgão. Sem oscilação dos sistemas e com conexão de dados mais veloz, o atendimento ao público está mais ágil.

Foram investidos R$1,1 milhão pelo Detran para licenciamento de softwares e outros R$3,4 milhões pela Agência de Tecnologia da Informação (ATI) em equipamentos de alta e baixa plataforma de processamento de dados (da marca IBM).

Todos os sistemas operados pelo Detran foram impactados pela migração dos sistemas e uso dos novos equipamentos. “Em relação aos sistemas locais, aumentamos de dez a 100 vezes a velocidade. Em relação à conexão à base nacional (Serviço Federal de Processamento de Dados – Serpro, em Brasília), está 60 vezes mais rápida”, mensura Jean Carlo, diretor técnico da ATI.

Dependem de comunicação com o Serpro sistemas como Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam), Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach) e Registro Nacional de Infrações de Trânsito (Renaif). Ao todo, o Detran trabalha com 24 sistemas e subsistemas.

“O usuário que busca os serviços do Detran têm de ser atendido com celeridade e qualidade, a começar por um sistema que tenha um funcionamento real no período de atendimento. Por isso, não hesitamos em fazer o investimento necessário para a melhoria e modernização desses sistemas”, comentou o governador Wilson Martins.

Mais investimentos

Além do investimento em equipamentos e softwares para assegurar segurança e agilidade à operação dos sistemas e subsistemas do Detran-PI, o Governo do Estado também está fazendo outros investimentos para a melhoria dos serviços do órgão.

Já estão em fase de confecção de projetos ou licitação ações como: interligação dos postos do Detran-PI por fibra ótica, o que exclui a utilização de link de internet; melhoria da infraestrutura elétrica e lógica da sede do órgão; aquisição de novos equipamentos de informática (computadores e nobreaks) também para o edifício-sede.

Por Vanessa Mendonça/CCOM

Compartilhe essa notícia:
  • Facebook
  • TwitThis
  • Google
  • Print this article!