Mistura álcool e direção é tema de abertura de simpósio na EPT

Categoria: DestaqueNotícias 24/04/2013 12:40:45 administrador
simposio alcool drogas 002

A relação do consumo de álcool e acidentes de trânsito foi o tema de abertura do Simpósio “Álcool e Drogas na Contemporaneidade no Brasil e no Mundo”. No primeiro dia, o evento ocorreu no auditório da Escola Piauiense de Trânsito.

Na primeira parte da manhã, o neurologista Mauro Braz Lima mostrou dados que apontam os acidentes de trânsito como a primeira causa de morte entre jovens de 18 a 29 anos e que mais de 50% dos acidentes estão relacionados com o uso de álcool, sendo que nos finais de semana esse número aumenta para 75%.

De acordo com dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PI) no ano de 2011, no Piauí, 1.006 pessoas perderam suas vidas em acidentes de trânsito e deste total, 244 tinham entre 18 e 29 anos. No mesmo período, 7.303 pessoas ficaram feridas e 27,9% estavam na faixa etária de 18 a 29 anos. Em 2012, 1.191 pessoas foram vítimas de acidentes, em 2013 até março, 181 pessoas foram vitimadas pelos acidentes de trânsito, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi). “Temos que destacar que os registros não são completos porque eles muitas contabilizam apenas as pessoas que morreram na hora do acidente e esquecem aqueles que foram hospitalizados e depois foram a óbito”, esclarece o médico.

Mauro Lima ainda lembra que muitas vítimas ainda ficam com deficiências físicas e se tornam dependentes do Estado e da família. “A relação álcool e acidente de trânsito já é um problema de saúde pública. Hoje morrem no Brasil mais pessoas vítimas da violência no trânsito do que em países que estão em guerra”, destaca.

Para o médico, a solução do problema passa por cinco etapas: informação, educação, conscientização (resposabilização), fiscalização e punição. “A lei não deve apenas fiscalizar, ela precisa também informar e educar”, analisa.

Na segunda parte do evento, o tema foi discutido em mesa redonda que contou com a participação de representantes de diversas entidades ligas a problemática como Detran, Polícia Militar, Sesapi, Secretaria Estadual de Educação.

O evento segue até sexta-feira (26) no auditório do Hospital Getúlio Vargas.

Samanta Petersen
Compartilhe essa notícia:
  • Facebook
  • TwitThis
  • Google
  • Print this article!