Escola de Trânsito encerra atividades de 2012 com intervenções artísticas na Zona Sul

Categoria: Notícias 28/12/2012 12:11:39 administrador
novas 021

A Escola Piauiense de Trânsito (EPT), que faz parte do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PI), encerra suas atividades de 2012 com intervenções artísticas educativas nos bairros Parque Piauí, Bela Vista e Morada Nova (Zona Sul). As atividades realizadas pelo Grupo de Teatro Cajuína ocorrerão no período de 28 a 30 de dezembro, das 19h às 21h.

A ação tem por objetivo conscientizar a sociedade para os riscos da combinação álcool e volante, principalmente entre os condutores que circulam por bares e restaurantes da capital. No mês de dezembro, as ações passaram pelas Zonas Sudeste (Dirceu), Leste, Norte (Mocambinho, Poty Velho, Matadouro, São Joaquim e Marquês) e o  Centro de Teresina. As blitzen educativas no litoral piauiense foram outras atividades realizadas em dezembro pela EPT.

Durante todo o ano, a Escola de Trânsito realizou diversas ações educativas com o objetivo de conscientizar os motoristas sobre a importância de respeitar as leis de trânsito e, assim, reduzir o número de acidentes registrados no Estado.

Dentre as ações de 2012 destacam-se as palestras e atividades realizadas com os alunos do Ensino Fundamental e Médio e das universidades da Capital. Além de ações em datas comemorativas como o Carnaval, Semana Santa, Festival de Inverno de Pedro II e as férias. “Durante o ano desenvolvemos ainda atividades para a conscientização de motoristas, motociclistas, pedestres e ciclistas de Teresina e de diversos municípios como: Água Branca, Barras, Parnaíba/Luís Correia, Floriano, Pedro II, Piripiri, Piracuruca, Picos, Bocaína, Oeiras, Castelo do Piauí, Santa Cruz dos Milagres e do litoral”, explica a coordenadora da Escola de Trânsito, Gemma Galcani.

Em 2012, foram abordados dois temas principais: a combinação álcool e direção e o excesso de velocidade. “Os jovens, considerados mais vulneráveis e de maior exposição ao risco de acidentes de trânsito, foram o grupo mais beneficiado com as atividades da EPT, pois eles precisam se conscientizar que não se deve misturar direção com uso do álcool e a velocidade excessiva”, analisa Gemma.

Por Samanta Petersen

Compartilhe essa notícia:
  • Facebook
  • TwitThis
  • Google
  • Print this article!